Excursões Pós-Encontro

EXCURSÕES

As excursões científicas acontecerão no dia 28 de Setembro de 2018. As excursões têm vagas limitadas, que serão distribuídas mediante confirmação de inscrição e pagamento que deverá ser efetuada na secretaria do evento.

LEMBRETE IMPORTANTE!!!

É recomendado fazer as trilhas com calçado apropriado (bota ou tênis confortável e antiderrapante) e calça comprida. Levar lanche (biscoito, barra de chocolate etc.), cantil com água (ou garrafa d´água), protetor solar, repelente, capa de chuva e boné.

Em breve estarão disponíveis nossas opções, venha conhecer!

Destinos/Percurso Meio de Transporte Descrição Dificuldade
Gruta do Salitre Inclui trechos com veículo e à pé O conjunto monumental da gruta esculpida em rochas quartzíticas revela uma bela paisagem que remete a uma catedral gótica pelo seu traçado. A Gruta do Salitre foi região do intenso extrativismo mineral do salitre para produção de pólvora, a ser usada na quebra de rochas para desvio dos cursos dos rios. Com a presença de paredões impressionantes e vegetação, a formação rochosa proporciona uma vista incrível de imagens como o mapa do Brasil, além de conhecer animais em seu habitat natural. Dificuldade baixa. Visita guiada à Gruta do Salitre com Biólogos e estagiários da Instituto Biotrópicos.
Caminho Saint Hilaire (Distrito do Vau) Inclui trechos com veículo e à pé Excursão interativa, com leitura de trechos da “Viagem de Saint Hilaire pelo Distrito Diamantino”. De Curralinho até o distrito do Váu, à pé, por 23 Km. Dificuldade alta.
Antiga linha de trem-Pasmar-Barão de Guaicuí Bicicleta 60 Km Dificuldade média/alta. 10 horas.
Parque Estadual do Biribiri (PEBI) Bicicleta O Parque Estadual do Biribiri, que em tupi-guarani significa buraco fundo, é um lugar para quem busca contato com a natureza, ecoturismo e um bom banho de cachoeira. Localizado na Serra do Espinhaço, o Parque do Biribiri está a apenas 20 minutos do Centro de Diamantina. Estradas de terra são bem sinalizadas e as trilhas para poços e cachoeiras tem fácil acesso. Percurso de cerca de 30 km ida e volta. Dificuldade média. 6 a 7 horas.
Antiga linha de trem, até a localidade de Bandeirinha. Bicicleta 30 km ida e volta Dificuldade leve/média. 5 horas
Cachoeira dos Cristais (PEBI) e Vila do Biribiri. À pé A cerca de 13 km da portaria do parque o visitante encontra a linda Cachoeira dos Cristais. O acesso é muito fácil, a Cachoeira dos Cristais possui duas quedas d’água e poços de água cristalina que formam piscinas naturais belíssimas. Local excelente para banho e mergulhos refrescantes. Seguindo na estrada principal, a uma distância de 3 km, está a Vila do Biribiri, que começou a ser construída no ano de 1876, por Dom João Antônio dos Santos, para abrigar os funcionários da fábrica de tecidos. Infelizmente, anos mais tarde com o encerramento das atividades da fábrica, a vila acabou perdendo seus moradores. Em 1998, o vilarejo foi tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha) – atualmente abriga 30 moradias, uma população de cinco pessoas, dois restaurantes com estrutura simples, uma igreja colonial do século 19 que abriga um relógio doado pela Coroa Portuguesa. Da portaria ao Parque, 32 km ida e volta. Dificuldade Média